ALGARVE

Covid-19: Três alunas Erasmus em Itália voltam ao Algarve

[mobileonly] [/mobileonly]

Três alunas da ETIC_Algarve que se encontram a fazer estágio da Erasmus+ em Itália vão regressar a Portugal por vontade própria devido ao receio de contágio pelo vírus Covid-19, disse fonte daquela escola privada.

A notícia, avançada inicialmente pelo jornal online Sul Informação, foi confirmada ao JA pelo diretor da escola de comunicação social em Faro, Nuno Ribeiro.

“Vão regressar na quarta-feira por vontade própria. Seguimos as indicações da agência nacional que tem a gestão do Erasmus +, segundo as quais se existir por parte do estudante em estágio a vontade voltar a Portugal então não há nada que o impeça. Elas estão um pouco preocupadas e querem voltar”, precisou Nuno Ribeiro.

As três jovens, com idades entre os 20 e 25 anos, estão em Turim, uma das duas cidades italianas mais afetadas pelo Covid-19, a par de Milão. Itália é o país europeu mais afetado pelo vírus de origem chinesa, já com sete vítimas mortais e 212 casos confirmados. A zona norte do país é o mais crítico, com 11 municípios em quarentena.

As jovens estavam em Turim há mês e meio e faltava outro tanto para voltarem.

Deverão chegar a Lisboa na quarta-feira à noite e regressar ao Algarve no carro da mãe de uma delas, que as irá buscar ao aeroporto Humberto Delgado.

Hoje as jovens foram aconselhadas a ficar em casa devido à situação sanitária na cidade.

Em nota publicada hoje pela Agência Nacional de Erasmus lê-se que as organizações “podem invocar a cláusula de força maior às atividades de mobilidade para a China ou para outras áreas afetadas”.

A nota acrescenta que nesta situação há flexibilidade para cancelar, adiar ou deslocar as atividades planeadas para essas regiões, salvaguardando o enquadramento legal geral aplicado ao Erasmus+.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste