ALGARVE COVID-19

COVID-19: UALG inicia análises para despistagem do vírus

[mobileonly] [/mobileonly]

O Centro de Investigação em Biomedicina da Universidade do Algarve (UALG) começa na quarta-feira a efetuar análises para o diagnóstico do vírus COVID-19, podendo realizar nesta primeira fase até 40 por dia, segundo o diretor e investigador do centro, Clévio Nóbrega. 

Em declarações à agência Lusa, o diretor afirmou que o centro foi ativado para responder a nível nacional à necessidade de fazer um maior número de testes, “nomeadamente a idosos dos lares e de outros locais e às populações mais vulneráveis”. 

“Não vamos fazer a recolha das amostras, essa parte será articulada com o Algarve Biomedical Center (ABC), mas, sim, a extração do material genético do vírus num laboratório de nível de segurança II e, numa segunda fase, a deteção dos coronavírus”, adiantou Clévio Nóbrega. 

Segundo o responsável, vão ser analisadas, para já e em média, 40 amostras diárias por questões de otimização do processo, mas “se houver necessidade pode ser duplicada, ou mesmo triplicada essa capacidade”. 

“Vamos ter cinco equipas fixas de três investigadores a trabalharem sete dias por semana, em regime de rotação, demorando o processo todo de análise de cada amostra entre três a cinco horas para obter o resultado”, apontou. 

Segundo Clévio Nóbrega, o centro reúne todas as condições para a realização dos testes de diagnóstico ao vírus, incluindo um laboratório de segurança e “uma câmara de contenção onde é extraído o material genético do vírus”. 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: