Crónica de Faro: Cem anos de futebol no Algarve

Foi a 22 de Janeiro de 1921 que se constituiu o primeiro organismo de futebol, de âmbito regional, na nossa Região. Temos assim, dentro de dias, a comemoração do 1º centenário da hoje denominada Associação de Futebol do Algarve (AFA) (alteração associativa registada na década de oitenta do século passado) e naquela data sob o nome de Associação de Futebol de Faro (AFF), em consonância com a estrutura do distrito. Mais tarde, já com os ventos inspirativos da regionalização, a modificação nominal, que foi percursora na de outros órgãos similares noutras modalidades (atletismo, basquetebol, ciclismo, andebol, etc.).


São cem anos de vida de um organismo que, vivendo da acrisolada dedicação de muitos e lembrados dirigentes, atestou na hora inicial e nos contactos que precederam a motivaram a sua concretização, está na génese da prática desportiva com maior expressão a nível regional.


É uma efeméride de notória e comprovada significação para todo o Algarve em face de múltiplos factores, entre os quais referimos: a expansão da causa desportiva, como uma das grandes motivações humanas do século XX, em todo o mundo; a democratização e incremento do desporto e do associativismo; um maior conhecimento do Algarve, de que os clubes futebolísticos têm sido invulgares promotores; a presença nas mais altas esferas competitivas (I Divisão), com os casos relevantes do Sporting Olhanense, Lusitano Futebol Clube (Vila Real de Santo António), Portimonense e Farense, inclusive com a disputa por estes dois últimos de provas europeias; a proliferação de infraestruturas desportivas, de elevado quilate, como acontece com o Estádio do Algarve, erigido na Parque das Cidades (Loulé/Faro) e de muitas outras situações prevalecentes. Hoje, neste aspecto, temos concelhos que em todas as freguesias dispõem de campos de futebol, o que diz bem da relevância que o futebol ao cabo de um século assumiu.


Ao felicitarmos, na pessoa do dedicado Presidente da Direcção da Associação de Futebol do Algarve, Reinaldo Teixeira, evocamos e homenageamos todos (dirigentes, atletas, técnicos, árbitros, funcionários e colaboradores) que, com o seu querer, o seu empenho e a sua dedicação tornaram possível essa realidade que tem sido o futebol algarvio, ao longo destes cem anos.


Parabéns, AFA e «ad multos annos»!

João Leal

Deixe um comentário

Relacionadas

+ Exclusivos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

JA_NEWSLETTER

JORNALISMO DE CAUSAS AO SERVIÇO DA REGIÃO.SIGA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Tamanho da Fonte
Contraste