CRÓNICA DE FARO: Merecida homenagem

Merecida homenagem a um “farense” nascido em Messines

Foi na mediática Vila de São Bartolomeu de Messines, terra dessa figura maior da Grei Algarvia, que foi o poeta e pedagogo João de Deus Ramos (João de Deus), que nasceu aquele que, com esforço, inteligência e vontade é hoje uma estrela da constelação da inteligência regional, o Dr. Teodomiro Cabrita Neto.

Veio para a cidade capital sulina era menino e moço, a fim de prosseguir estudos e sempre o motivaram as grandes questões históricas, documentais e vivenciais, como a estrada da «res publica», no sentido sobretudo no que importava e importa à democracia, à liberdade e aos problemas sociais na sua dimensão humana e universal. Por aqui estudou, que foi sempre uma das suas grandes paixões; conviveu com marcantes figuras da cultura e da arte; amou e foi amado, como o concretiza o matrimónio havido e mantido com uma respeitável senhora farense; havendo deste casal provecto surgido filhos e netos, que são uma riqueza da urbe farense e de modo próprio do meu bairro natal, o quinhentista bairro da Ribeira.

A vida levou-o, como a tantos outros aconteceu a ter que um dia ou uma noite, que noite é sempre nestas questões de «perseguido pelas suas ideias», a terras de França e Aragança, onde os seus dotes, então em «terra livre de opressões» , o consagraram na forte aposta da vertente intelectual de historiador e sociólogo, lecionando em prestigiadas escolas. Retornou a Faro, cidade onde tem vivido o soma-tório maior de vida, que desejamos longa e para além das funções pedagógicas na Escola Tomás Cabreira, tem sido um dos mais incisivos agentes culturais do Algarve, quer proferindo palestras, apresentações de livros, investigando e publicando uma vasta referência de livros do mais acendrado valor histórico e cultural, a par da escrita como dramaturgo, biógrafo, ensaísta e tudo o que às letras e artes importa.

A Junta de Freguesia de São Bartolomeu tomou a justa, consciente e merecida deliberação de dar o honrado nome de Teodomiro Cabrita Neto a uma artéria da sua terra natal, o que muito orgulha os messinenses e eleva o ego das gentes de Faro. Saudamos o escritor, o jornalista e o democrata por esta homenagem prestada em vida, o que nem sempre acontece!

João Leal

pub

 

 

 

Tamanho da Fonte
Contraste