MUNDO ÚLTIMAS

Deputados venezuelanos trocam socos no parlamento

A sessão da Câmara da Assembleia Nacional da Venezuela foi ontem marcada por momentos de violência e agressão entre os parlamentares. Um deputado de oposição e outros do regime trocaram socos. A confusão foi provocada porque o oposicionista Alfonso Marquina pediu silêncio à bancada do presidente venezuelano, Hugo Chávez. Os apoiantes do presidente reagiram.

A cena de pugilato foi transmitida em direto pelas televisões locais venezuelanas. De 2006 a 2010, Chávez manteve a maioria no Parlamento da Venezuela. Mas, no ano passado, com as eleições, os oposicionistas conseguiram retomar parte do espaço na Assembleia Nacional. Paralelamente, o presidente ampliou os poderes por meio de decretos.

A confusão ocorreu durante sessão em que estavam presentes ministros de várias áreas de governo, que foram ao Congresso para responder perguntas sobre ações específicas.

No total, foram feitas 60 perguntas durante cerca de nove horas de sessão.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste