Distrito de Faro sob alerta amarelo

A Direcção-Geral de Saúde tem em alerta amarelo seis distritos, onde o calor se faz sentir há vários dias.

O alerta amarelo é o segundo numa escala de três da DGS e reporta-se aos efeitos sobre o calor na saúde das populações, sendo ativado sempre que as temperaturas se mantêm elevadas ao longo de vários dias. Hoje, a DGS tem sob este aviso os distritos de Viseu, Coimbra, Castelo Branco, Évora, Beja e Faro, para onde se preveem temperaturas máximas de, respetivamente, 35º, 37º, 39º, 40º, 40º e 29º.

A DGS salienta que a exposição continuada a temperaturas elevadas pode provocar desidratação e agravamento de doenças crónicas, sendo especialmente vulneráveis as crianças nos primeiros anos de vida, idosos, doentes crónicos, pessoas medicadas com anti-hipertensores, antiarrítmicos, diuréticos, antidepressivos e neurolépticos.

Estão também mais sujeitos aos efeitos do calor na saúde as pessoas que trabalham expostas ao Sol ou ao calor e quem possui más condições de habitação. Para prevenir danos das altas temperaturas, a DGS recomenda o aumento da ingestão de água e de sumos de fruta natural sem açúcar, evitar bebidas alcoólicas, procurar manter-se em ambientes frescos nos momentos de maior calor e utilizar roupa larga, chapéu e óculos com proteção contra a radiação UVA e UVB.

Em risco muito alto, o quarto numa escala de cinco níveis crescentes de gravidade, estão, segundo o IM, as regiões de Bragança, Coimbra, Évora, Faro, Funchal, Lisboa, Penhas Douradas, Sines, Viana do Castelo, Santa Cruz e Ponta Delgada.

Advertisements

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar
Tamanho da Fonte
Contraste