ALGARVE ÚLTIMAS

Doentes do centro de saúde de Lagos vão ter acesso a dentista

.

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve e o município de Lagos assinaram, na semana passada, um protocolo de colaboração que vai permitir criar, no centro de saúde, a consulta de saúde oral/medicina dentária.

Para isso, a autarquia vai atribuir um subsídio de quase 20 mil euros à ARS para o apetrechamento da sala que irá permitir criar a consulta de saúde oral, uma nova resposta destinada aos utentes do Serviço Nacional de Saúde inscritos no centro de saúde de Lagos.

Na mesma ocasião, a Câmara de Lagos também acordou com a ARS congregar esforços e reunir as condições necessárias para a criação de outros serviços de cuidados de saúde primários, designadamente atividades de fisioterapia e uma nova Unidade de Saúde Familiar.

“O referido protocolo prevê, para além da criação da sala de saúde oral/medicina dentária, a instalação de um pavilhão pré-fabricado, destinado a atividades de fisioterapia, assim como a realização de pequenas obras de adaptação necessárias para a sala de saúde infantil a afetar à Unidade de Saúde Familiar ‘Amendoeira’”, refere o município de Lagos, frisando que irá suportar o custo destes investimentos em 100%, respetivamente até ao montante de 90 mil e de 30 mil euros. Já a ARS suportará a contratação de médicos da especialidade e funcionários necessários aos serviços, assim como todas as despesas de funcionamento.

Recorde-se que, no final do ano passado, a ARS começou por disponibilizar três médicos dentistas e respetivas assistentes nos agrupamentos de centros de saúde Barlavento (Portimão), Central (Faro) e Sotavento (Tavira), sendo que o número de profissionais e o número de locais deverão crescer ainda mais até ao final de 2018.

JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: