Duas pessoas morreram nas praias portuguesas em junho

Duas pessoas morreram nas praias portuguesas (Lagos e Almada) e os nadadores salvadores efetuaram 103 salvamentos em junho, segundo informação divulgada hoje no site oficial da Marinha.

Um homem de nacionalidade inglesa, de 52 anos, morreu a 2 de junho na praia da Amoreira, uma zona marítima não vigiada em Lagos, devido a afogamento.

No mesmo dia, numa zona vigiada, a praia da Saúde, em Almada, houve também uma vítima mortal: um homem de 20 anos, de nacionalidade portuguesa, faleceu subitamente.

Durante junho, foram 103 os salvamentos efetuados por nadadores salvadores nas praias concessionadas. Na assistência a banhistas e socorro a naúfragos, recorreu-se 14 vezes a motos 4×4 e sete vezes a motos de água.

No mesmo mês, a Marinha levou a cabo duas campanhas de sensibilização, num total de 26 ações.

SYP

Lusa/JA

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

pub

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste