MUNDO

Eleições no Afeganistão com 40 por cento de participação

Pelo menos 42 pessoas, entre rebeldes, civis e forças de segurança morreram e 107 ficaram feridas em resultado das ações violentas ocorridas hoje durante a jornada eleitoral afegã, indicaram as autoridades.

Os responsáveis de segurança afegãos afirmaram, numa conferência de imprensa, que durante o dia morreram onze civis, três polícias, um militar e 27 talibãs, acrescentando que o nível de segurança foi superior ao das eleições presidenciais de 2009.

Entre os feridos contam-se 45 civis, precisou o ministro afegão do Interior, Bismilah Khan.

O boicote talibã implicou 63 incidentes de disparos com armas pesadas, 33 explosões, a descoberta de 29 engenhos explosivos e 32 minas, e um ataque suicida frustrado, acrescentou Khan.

Quanto à participação nos 4.632 de 5.816 colégios eleitorais, foi de 40 por cento à hora do fecho das urnas.

Segundo os dados oficiais, votaram 3,6 milhões dos 9,2 milhões de eleitores recenseados nesses colégios.

A comissão Eleitoral renunciou a abrir 1.019 colégios eleitorais em zonas onde não podia garantir a segurança.

AL/JA

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste