Encontro entre despromovidos
DESPORTO FUTEBOL

Encontro entre despromovidos Farense e Rio Ave termina com empate

 O Farense e o Rio Ave, dois dos clubes despromovidos à II Liga de futebol, empataram hoje (1-1), com os dois tentos na segunda metade do encontro da segunda jornada da prova.

No Estádio de São Luís, os algarvios marcaram primeiro, por Fabrício Isidoro, aos 49, mas os forasteiros foram felizes cinco minutos depois, empatando na sequência de um autogolo do central Gut.

No Farense, o médio Jonatan Lucca e o extremo Mayambela foram ausências de última hora, depois de terem testado positivo ao novo coronavírus.

O jogo começou em bom ritmo, com Elves Baldé a desperdiçar a primeira grande oportunidade para os locais, aos sete minutos, atirando por cima após passe de Vasco Lopes, enquanto o Rio Ave respondeu aos 15, num cabeceamento de Zé Manuel que obrigou Defendi a defesa apertada.

Com o passar dos minutos, o futebol das duas equipas piorou, prejudicado pelo intenso calor (33 graus) e pelo relvado, que em mau estado, quase parecendo um areal, causou muitas escorregadelas e impediu a fluidez de jogo.

Até ao intervalo, só um lance polémico gerou atenção (39): um jogador do Farense, na sua área, bateu um livre contra um elemento do Rio Ave que tentava impedir a reposição rápida, a bola sobrou para Gut e o árbitro pareceu dar lei da vantagem, mas o central brasileiro agarrou a bola para marcar novamente o livre, com os forasteiros a pedirem penálti e Tiago Martins a mandar repetir o livre original.

A animação voltou no início do segundo tempo, com dois golos em pouco espaço de tempo: o Farense abriu o marcador num ‘chapéu’ de Fabrício Isidoro de fora da área (49) e o Rio Ave empatou num lance infeliz de Gut, que cortou um passe de Gabrielzinho para a própria baliza (54).

O jogo manteve-se equilibrado até final, mas o momento de maior perigo foi criado pelo Farense, que viu Jhonatan somar uma grande defesa, esticando o pé para evitar o remate de Paollo (67).

Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.

Farense – Rio Ave, 1-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Fabrício Isidoro, 49 minutos.

1-1, Gut, 54 (na própria baliza).

Equipas:

– Farense: Rafael Defendi, Alex Pinto, Gut, Eduardo Mancha, Abner, Bura, Amine (Mica, 83), Fabrício Isidoro, Vasco Lopes (Paollo, 59), Elves Baldé e Pedro Henrique.

(Suplentes: Ricardo Velho, Bandarra, Henrique, Cláudio Falcão, Loide Augusto, Lucas Fellipe, Seruca, Paollo e Mica).

Treinador: Jorge Costa.

– Rio Ave: Jhonatan Luiz, Costinha, Aderllan Santos, Hugo Gomes, Sávio, Zimbabwe (Rúben Gonçalves, 46), Guga, Joca (Fábio Ronaldo, 85), Gabrielzinho (Ronan, 85), Zé Manuel (Ukra, 45) e Pedro Mendes (Aziz, 60).

(Suplentes: Léo Vieira, Ângelo, Ronan, Ukra, Rúben Gonçalves, Nuno Namora, Fábio Ronaldo, Aziz e Leandro).

Treinador: Luís Freire.

Árbitro: Tiago Martins (Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Zimbabwe (17), Pedro Henrique (18), Fabrício Isidoro (58), Costinha (61), Abner (64), Eduardo Mancha (67) e Fábio Ronaldo (90+4). Vítor Vinha, adjunto do Rio Ave, foi expulso (39).

Assistência: 1.262 espetadores.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste