ECONOMIA Primeira

Energia mais cara para as empresas

A Associação Empresarial de Portugal (AEP) queixou-se esta do aumento de “25 a 30%” dos preços da eletricidade, com que estão a ser confrontadas as empresas portuguesas e espanholas, tendo considerado que tal valor é incomportável e tem que ser diminuido. O Partido Socialista já deu garantias que o IVA da eletricidade não vai baixar de 23% para 6% em 2019.

Os preços estão a subir vertiginosamente no mercado ibérico da energia e os empresários em Portugal e Espanha nos dois lados, afirmam que os preços que estão a ser apresentados para a renovação de contratos são cerca de 25 a 30% superiores àqueles que as empresas tinham nos contratos anuais anteriores.

Advertisements

Assine já com 10% de desconto. Cupão: CPNOVO Ignorar

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: