CULTURA

Ernst Schelle dirige Orquestra Filarmonia das Beiras em Loulé

.

A Orquestra Filarmonia das Beiras apresenta-se no Algarve para participar no FIMA – Festival Internacional de Música do Algarve, esta sexta-feira, dia 11 de maio (21h00), no Cineteatro Louletano, em Loulé. Com direção do maestro Ernst Schelle, a orquestra será, ainda, acompanhada pelo solista Vladimir Tolpygo, ao violino.

Com um programa inteiramente dedicado à obra do compositor Félix Mendelssohn, este concerto apresenta o seu brilhante e virtuosístico “Concerto para Violino e Orquestra” e duas obras-primas sobejamente conhecidas do público, que foram inspiradas pela viagem que o compositor alemão realizou à Escócia: “As Grutas de Fingal” e a “Sinfonia nº 3, Escocesa”.

A Orquestra Filarmonia das Beiras tem mais de duas décadas de atividade e tem dedicado o seu trabalho à divulgação da música clássica na zona centro do país. Na próxima sexta-feira será dirigida pelo Maestro Ernst Schelle num concerto integrado no FIMA 2018.

Natural de Berlim, Ernst Schelle foi diretor musical da Academia Internacional de Portarlier (França), ocupou o lugar de maestro principal da Orquestra de Poitou-Charentes e é atualmente Maestro e Diretor Artístico convidado da Orquestra APROARTE – Associação Nacional do Ensino Profissional de Música e Artes. Da parte da crítica tem recebido elogios pela versatilidade das suas atuações, de Mozart a Stravinski.

Valdimir Tolpygo é o solista convidado no concerto “Mendelssohn!”. Natural de Moscovo, o violinista iniciou os seus estudos com apenas 4 anos de idade e já trabalhou com orquestras internacionais de renome, como a Orquestra Sinfónica da Rádio de Estugarda e a Orquestra da Rádio de Munique. É, desde 2016, violinista na Orquestra Filarmónica de Munique.

Advertisements

Assine já com 10% de desconto. Cupão: CPNOVO Ignorar

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: