Espetáculos de teatro e animações de rua agitam Odeceixe

As marionetas, os conta contos, os palhaços, o teatro de andas e a música são os pontos fortes deste evento cultural gratuito e para toda a família
As marionetas, os conta contos, os palhaços, o teatro de andas e a música são os pontos fortes deste evento cultural gratuito e para toda a família
As marionetas, os conta contos, os palhaços, o teatro de andas e a música são os pontos fortes deste evento cultural gratuito e para toda a família

O sossego, a tranquilidade e a monotonia reinante na vila de Odeceixe vai ser quebrada com a segunda edição do festival ESTAR. De 20 a 22 de agosto, vários espetáculos e animações de rua vão tomar conta e agitar esta pacata vila, que, apesar de ter menos de mil habitantes, a maioria idosos, parece rejuvenescer durante estes dias

 

É um festival inteiramente gratuito e procura espaços públicos singulares para promover diversos espetáculos de teatro e outras animações de rua. Estamos a falar do festival ESTAR – Encontros de Teatro e Animações de Rua, cuja segunda edição decorre nos dias 20, 21 e 22 de agosto, tendo como “palco central” a vila de Odeceixe, no concelho de Aljezur.

Este ano, e face ao sucesso da edição anterior, o evento inclui ainda duas extensões, nomeadamente em Porto Covo (26 e 27 de agosto) e na cidade de Lisboa (28 e 29 de agosto).

Em Odeceixe, os locais escolhidos pela organização para a realização dos diversos espetáculos de teatro e das outras animações de rua vão desde o areal da praia até ao miradouro, passando pelo moinho de vento, entre muitos outros locais.

“São espaços que subitamente se transformam em palcos de atuação teatral e outras animações”, adianta a organização – a cargo da associação cultural Mãozorra, com os apoios da Câmara de Aljezur e da junta de freguesia local, assim como de alguns comerciantes locais –, revelando que a programação do festival integra “teatro de marionetas, conta contos, teatro físico, teatro de objetos e cafés concertos, entre outras propostas”.

“Articulados com as rotinas de turistas e habitantes, os espetáculos procuram intersetar e proporcionar momentos de entretenimento espontâneo no espaço público”, refere o diretor artístico do festival, João Costa, da associação Mãozorra.

Um festival único de animação e comédia nas ruas

Segundo o organizador, “o sucesso da primeira edição faz do ESTAR um festival de único em toda a região sul do país e que começa a ser uma referência no panorama nacional dos festivais de teatro e animação de rua”.

Este ano, o evento vai contar novamente com a participação de artistas nacionais e internacionais, que vão proporcionar momentos e experiências inesperadas no espaço público.

“O ESTAR pretende ser, a curto-médio prazo, um palco privilegiado para artistas e companhias, nacionais e internacionais, elegerem o espaço público como local de apresentação das suas criações artísticas, que se enquadrem com a identidade do encontro, ou seja, espetáculos de rua na vertente comédia”, realça João Costa.

Para esta edição de 2015, a associação Mãozorra traçou mais uma vez uma programação com “a intenção de criar uma narrativa deambulatória assente em sequências de espetáculos que intersetam o trajeto quotidiano dos habitantes e turistas destes lugares”, realçando o traçado urbano muito particular da vila de Odeceixe, bem como a praia, que foi a vencedora das praias eleitas “7 maravilhas de Portugal”.

Fundada em 2013, a Mãozorra é uma associação cultural que tem procurado desenvolver e promover atividades no âmbito da produção e divulgação da arte tradicional e contemporânea, nomeadamente nas áreas do teatro, marionetas e animação.

Nuno Couto/JA

.

.

pub

 

 

 

Tamanho da Fonte
Contraste