Estação Salva-vidas de Ferragudo resgata cidadão estrangeiro em Lagoa (c/fotos)

A Estação Salva-vidas de Ferragudo efetuou ontem, dia 12 de maio, o resgate de um cidadão polaco, de 20 anos, em dificuldades dentro do Algar de Benagil, em Lagoa.

“O alerta foi recebido pelas 13h40 no piquete da Polícia Marítima de Portimão, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo (MRCC), de que uma pessoa se encontrava em dificuldades dentro do Algar de Benagil (Algar José Rodeira), em Lagoa, tendo o Capitão do Porto de Portimão ativado para o local a embarcação e respetiva tripulação da Estação Salva-vidas de Ferragudo”, informa a marinha.

Ao chegar ao local, a equipa de resgate verificou que, para além da vítima, encontravam-se também três pessoas que se tinham deslocado para dentro do Algar, com recurso a uma canoa e uma bóia insufláveis.

A vítima foi retirada por um tripulante da embarcação salva-vidas, que se deslocou a nado para o interior do Algar. As restantes três pessoas foram instruídas para regressar à praia de Benagil, devido à forte agitação marítima, tendo a embarcação salva-vidas acompanhado todo o regresso até ficarem na praia, em segurança.

Durante o transporte e desembarque da vítima, em Ferragudo, verificou-se que este não apresentava qualquer ferimento, não necessitando de assistência médica.

A Autoridade Marítima Nacional relembra que “nadar para dentro do Algar é uma prática desaconselhada por estar na faixa de risco de queda das arribas”. Refira-se que existe à entrada da praia um aviso, em várias línguas, alertando para este facto.