ECONOMIA

Estudantes algarvios na Semana de “Descontaminacção” da Economia

[mobileonly] [/mobileonly]

Várias organizações dos movimentos sociais convocaram a Semana de Ação de 20 a 26 de Julho, que pretende colocar uma perspetiva de Justiça Social e Justiça Climática no centro da agenda para a recuperação após a pandemia.

Na região do Algarve decorrerão duas ações no âmbito da luta estudantil e climática. A Brigada Estudantil convoca uma vigília para esta quinta-feira, dia 23 de julho, às 15:00, à entrada do Campus da Penha. No dia seguinte, 24 de julho, a Greve Climática Estudantil terá uma performance “Mudaram-se os tempos, mas não as vontades” em 4 localidades: Faro (9:30, Mercado Municipal); Albufeira (11:30, Câmara Municipal); Portimão (15:00, Jardim das Águas Livres); Lagos (17:00, Mercado dos Escravos).

A iniciativa é co-organizada pela Art for Change, a Assembleia Ação pela Habitação, a Brigada Estudantil, o Climáximo, a Greve Climática Estudantil e o Sindicato dos Trabalhadores de Call Center e dá pelo nome de “DescontaminAcção – Semana de Ação para Descontaminar a Economia”.

As organizadoras defendem que neste período de recuperação da pandemia é necessária uma perspetiva clara de justiça social e climática que ponha no centro os serviços públicos e os direitos básicos e reiteram a importância de juntar forças entre as diversas lutas para enfrentar as raízes comuns dos problemas sociais.

As organizações que promovem esta iniciativa dizem ainda que querem descontaminar a economia e as relações sociais, que produzem constantemente viroses mortíferas, como a crise climática, o racismo e o colonialismo, a precariedade e o desemprego, o patriarcado e a lgbtqfobia, a especulação imobiliária e os despejos.

Haverá ações em vários pontos do país, organizadas por vários coletivos de diferentes setores das lutas sociais, com uma diversidade de táticas e sempre com atenção à segurança sanitária.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: