ALGARVE REPORTAGEM ÚLTIMAS

Estudantes estrangeiros “rendidos” à região

Uma região paradisíaca com pessoas acolhedoras. É assim que o Algarve é descrito pelos milhares de estudantes estrangeiros que escolhem a região para estudar

Vêm de mais de 50 nacionalidades diferentes. Os cerca de 1000 estudantes estrangeiros que escolheram a Universidade do Algarve para estudar derretem-se em elogios à cidade de Faro e à região. Sol, simpatia, segurança, acolhimento e boa gastronomia fazem as delícias dos estudantes internacionais

 

A cidade de Faro recebe anualmente cerca de mil estudantes internacionais provenientes de mais de cinquenta nacionalidades. Estes alunos contribuem para aumentar as receitas da instituição e de toda a cidade.

Sol, simpatia, segurança, acolhimento e boa gastronomia são os maiores atributos da região apontados pelos estudantes internacionais que frequentam pós-graduações, mestrados ou doutoramentos na Universidade do Algarve (UAlg).

Até chegarem, desconheciam o Algarve, mas rapidamente ficam rendidos aos encantos da região, como aconteceu com a lituana Saulé Medelyté, de 21 anos, que está na região desde janeiro, como estudante Erasmus. “Mesmo estando a estudar aqui há cinco meses, conheci imensas coisas novas, novos grupos de trabalho, novos lugares, estabeleci novos contactos para o meu trabalho de licenciatura”, salienta.

Pela primeira vez em Portugal, Rafael Barboza, de 25 anos, natural da cidade de São Paulo, no Brasil, também derrete-se em elogios à capital algarvia. “O paraíso tem um nome e um endereço: é aqui em Faro, uma cidade espetacular, onde a qualidade de vida é muito boa, tem muitas atividades, quer para turistas, quer para residentes”, refere este graduado em Ciências e Tecnologia e bacharel em Engenharia Mecatrónica, pela Federal University of ABC.

Rafael Barboza foi um dos 31 alunos universitários estrangeiros que participaram numa iniciativa inédita, na semana passada, onde os jovens estudantes de países como Argentina, Brasil, Colômbia, Espanha, Estados Unidos da América, Irlanda, Lituânia, Reino Unido e Rússia passaram uma semana na região.

O principal objetivo desta iniciativa é conquistar novos alunos, promover e reforçar a notoriedade e atratividade da universidade e da região, mas também mostrar que a investigação que se faz na UAlg é cada vez mais reconhecida a nível internacional…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 21 DE JUNHO)

Nuno Couto|Jornal do Algarve

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: