Estudo de novas espécies marinhas

No ambito do projeto “NEMAlgarve – Novas Espécies Marinhas do Algarve” do CCMAR e da Universidade do Algarve, solicita-se o auxilio dos pescadores, mergulhadores e cidadãos em geral para conhecer melhor a distribuição de certas espécies marinhas que têm vindo a ocorrer na costa do Algarve.

Algumas espécies trazidas pelo Homem para o Algarve tornam-se invasoras (e com impactos nas espécieslocais), outras têm vindo a expandir a sua distribuição para Norte devido às alterações climáticas. O mesmo sucede com algumas espécies nativas, que devido a alterações de habitat ou alterações climáticas têm vinda a aumentar em número.
Novas espécies, invasoras, como é o caso do caranguejo-azul e da corvina-americana, podem ser transformadas em novas oportunidades para a região, através da sua introdução na economia local, bem como explorar novos usos no campo da economia azul. Certas espécies já estão por cá há algum tempo, mas são “tradicionalmente” mais características de zonas sub-tropicais, e parecem estar a aumentar grandemente, devido a esse facto, e no ambito do projeto, pretende-se “reconstruir” o processo de chegada das espécies novas e recolher os registos passados que a população possa ter.

Qualquer pessoa pode participar no projeto, para tal é necessário que enviem sempre 3 elementos no mínimo: uma fotografia da espécie, data e localização, mais exata possível, de modo a que a espécie ser identificada e registada pelo projeto.
Pretende-se que a população registe as suas observações diretamente na plataformaBioDiversity4All:https://www.biodiversity4all.org/projects/nemalgarve ou em alternativa nos enviem os seus registos por e-mail (NEMAlgarve@gmail.com) ou pelas redes sociais Facebook, Instagram ou Twitter (@NEMAlgarve).

pub

 

 

 

pub

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste