ALGARVE DESPORTO FUTEBOL Primeira

Farense bate Oliveirense e quebra jejum de dois meses

O Farense regressou hoje aos triunfos caseiros após um jejum de dois meses, ao vencer a Oliveirense por 3-1, em encontro da 21.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol.
Com golos de Luís Rocha (20 minutos), Fabrício Simões (59) e Irobiso (90+3), que apenas tiveram resposta de Filipe Gonçalves (22), a equipa de Faro consolidou o segundo lugar, com 41 pontos, alargando a vantagem para o Mafra, terceiro classificado (36).
Sem vencer em casa desde 15 de dezembro (1-0 ao Feirense, para a 13.ª ronda), o conjunto de Sérgio Vieira teve um início prometedor, dominando de forma clara e desperdiçando algumas excelentes ocasiões, por Fabrício Simões (09 e 18), antes de chegar ao golo.
Aos 20 minutos, após canto de Lucca, na esquerda, Luís Rocha ‘embrulhou-se’ na pequena área com outros defesas, mas foi rápido a reagir ao ressalto, empurrando para a baliza.
O tento dos locais teve resposta imediata da Oliveirense, dois minutos depois, também na sequência de um canto de Diogo Clemente, com Filipe Gonçalves a responder com um cabeceamento certeiro ao primeiro poste.
O Farense ‘acusou’ o golo do empate e teve de esperar pelo regresso dos balneários para voltar a criar ascendente: Fabrício Simões falhou de forma incrível aos 57, mas redimiu-se dois minutos depois com o 2-1, em jogada novamente originada num canto, marcado por Ryan Gauld.
A equipa algarvia, desta vez, não descansou sobre a vantagem e assumiu ainda mais domínio sobre a Oliveirense, gerando uma mão cheia de ocasiões desperdiçadas, entre as quais três bolas nos ferros, por Gauld (80), Jorge Fellipe (82) e Irobiso (83).
O golo que confirmou, de vez, o triunfo surgiu apenas no segundo minuto de descontos, por Irobiso, em recarga a remate de Fábio Nunes defendido por Bruno Vale.

Jogo realizado no Estádio de São Luís, em Faro.
Farense – Oliveirense, 3-1.
Ao intervalo: 1-1.
Marcadores:
1-0, Luís Rocha, 20 minutos.
1-1, Filipe Gonçalves, 22.
2-1, Fabrício Simões, 59.
3-1, Irobiso, 90+2.

Equipas:

  • Farense: Hugo Marques, Matheus Silva, Luís Rocha, Jorge Fellipe, David Sualehe, Filipe Melo (Fabrício Isidoro, 55), Jonatan Lucca, Hugo Seco (Fábio Nunes, 71), Ryan Gauld, André Vieira e Fabrício Simões (Irobiso, 75).
    (Suplentes: Daniel Fernandes, Arnold, Fabrício Isidoro, Bandarra, Irobiso, Rafael Vieira e Fábio Nunes).
    Treinador: Sérgio Vieira.
  • Oliveirense: Bruno Vale, Alemão, Pedro Kadri, Filipe Gonçalves (Serginho, 70), Sérgio Silva, Ricardo Tavares, Sérgio Ribeiro (Miguel Silva, 64), Diogo Clemente, Fabinho, Agdon e Neto Costa (Malele, 64).
    (Suplentes: Luís Costa, Serginho, Miguel Silva, Michael Douglas, Oliveira, Leandro Silva e Malele).
    Treinador: Pedro Miguel.

Árbitro: Anzhony Rodrigues (Madeira).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Pedro Kadri (11), Neto Costa (27), Filipe Melo (38), Bruno Vale (51), Hugo Seco (56), Filipe Gonçalves (57), Jonatan Lucca (73), Ricardo Tavares (87), Agdon (90) e Fabrício Isidoro (90+5).
Assistência: Cerca de 3.000 espetadores.

Tamanho da Fonte
Contraste