Farense volta a perder contra o Casa Pia

Uma semana depois de o Casa Pia ter vencido o Farense (3-1), em jogo da Taça de Portugal, as duas equipas reencontraram-se e os lisboetas voltaram a festejar, desta vez de forma injusta e pela margem mínima, graças ao golo do avançado português, aos 37 minutos, após erro do guardião Ricardo Velho.

Ao contrário do jogo da semana passada, foram os algarvios, que até levavam sete encontros sem perder no campeonato, a começar ‘por cima’, com uns 25 primeiros minutos de pressão alta e boas combinações, a gerar várias oportunidades.

Aos 14 minutos, Bandarra, de livre direto, incomodou Ricardo Baptista, que desviou para canto, na sequência do qual Henrique, de fora da área, atirou ao poste, com a jogada a prosseguir para novo remate perigoso de Mica para fora.

Pouco depois, aos 19, o guardião do Casa Pia foi obrigado a defesa apertada num desvio de Mica na pequena área. No canto seguinte, Jota Silva quase marcava autogolo, com a bola a ‘raspar’ no ferro.

Aos 22 minutos, Bura viu João Vieira cortar a sua tentativa na ‘hora h’, terminando aí o ascendente dos algarvios, perante um adversário que se mostrou muito eficaz ao aproveitar a sua primeira ocasião.

Ainda assim, o Casa Pia contou com a ‘preciosa’ ajuda do guardião do Farense: Ricardo Velho falhou a interceção a um cruzamento da linha de fundo e João Vieira concluiu facilmente, de cabeça (37).

- Publicidade -

Na segunda parte, o tom da partida revelou um Farense com mais posse de bola, mas com muitas dificuldades em penetrar na ‘muralha’ defensiva dos ‘casapianos’, que assumiram claramente uma postura defensiva para guardar os três pontos.

Nas melhores oportunidades dos algarvios, que fizeram o mínimo para pelo menos somar um ponto, Ricardo Batista defendeu os remates de Mica e Cristian Ponde, ambos aos 68, e Vasco Fernandes cortou para canto o ‘tiro’ de Madi Queta (80).

O Casa Pia somou o nono jogo sem perder na II Liga – 12, contando com todas as competições – e subiu, provisoriamente, ao primeiro lugar, com 24 pontos, enquanto o Farense é 15.º, com 10.

Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.

Farense – Casa Pia, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, João Vieira, 37 minutos.

Equipas:

– Farense: Ricardo Velho, Cláudio Falcão (Fabrício Isidoro, 46), Robson, Eduardo Mancha, Bandarra, Bura (Madi Queta, 75), Mica (Bruno Paz, 75), Jonatan Lucca (Elves Baldé, 62), Henrique (Abner, 62), Cristian Ponde e Pedro Henrique.

(Suplentes: Rafael Defendi, Madi Queta, Fabrício Isidoro, Bruno Paz, Abner, Seruca, Elves Baldé, Paollo Madeira e Ângelo Taveira).

Treinador: Fernando Pires.

– Casa Pia: Ricardo Baptista, Kelechi, Vasco Fernandes, Zolotic, Lucas Soares (Rodrigo Galo, 85), Ângelo Neto, Afonso Taira (Camilo, 73), Leonardo Lelo (Derick Poloni, 85), Godwin (Nuno Borges, 73), Jota Silva e João Vieira (Zidane Banjaqui, 65).

(Suplentes: Lucas Paes, Derick Poloni, Camilo, Zidane Banjaqui, Rodrigo Galo, Muscat, Nuno Borges, Leandro Sanca e Hebert).

Treinador: Filipe Martins.

Árbitro: André Narciso (Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Cláudio Falcão (29), Fernando Pires, treinador do Farense (54), Mica (57), Afonso Taira (62), Ângelo Neto (70), Bandarra (72) e Nuno Borges (81).

Assistência: Cerca de 1.500 espetadores.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

+ Populares

- Publicidade -castro-marim-santos
- Publicidade-spot_img

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste