Faria é “vice-campeão” do Dakar

Ruben Faria (esq) e o francês Cyril Despres

O algarvio fez história ao concluir o Dakar da segunda posição da geral de motos, a melhor classificação de sempre de um piloto português naquele que está considerado o mais duro rali todo-o-terreno do mundo

Domingos Viegas

O piloto algarvio Ruben Faria (KTM) ganhou a última etapa do Dakar, recuperou a segunda posição na geral de motos e concluiu o rali no segundo lugar do pódio, a melhor classificação de sempre de um português.

O francês Cyril Despres, chefe de fila da equipa de Ruben Faria, conquistou o Dakar pela quinta vez, segunda consecutiva.

Faria foi o segundo a cortar a meta na última etapa, disputada este sábado entre La Serena e Santiago do Chile, atrás de Francisco “Chaleco” Lopez, mas a organização penalizou o piloto chileno com 15 minutos (por ter trocado de motor no dia anterior) e atribuiu a vitória ao algarvio de Moncarapacho.

O chileno também acabaria por ser ultrapassado por Faria na classificação geral, caindo para o terceiro lugar.

Hélder Rodrigues concluiu o rali na sétima posição e Paulo Gonçalves terminou no décimo lugar, depois de terem sido terceiro e sexto, respetivamente, na etapa de hoje. Mário Patrão conseguiu o quarto lugar nesta última etapa, mas não foi além da 30.ª posição na geral.

Em automóveis a vitória foi para o francês Stéphane Peterhansel. Carlos Sousa concluiu o rali no sexto lugar.

Advertisements
Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste