Faro acolhe conferência “Turismo e Alterações Climáticas”

“Responder aos efeitos das alterações climáticas” e “trabalhar em conjunto para que o Algarve se mantenha um destino de férias seguro” é o grande objetivo da conferência “Turismo e Alterações Climáticas”, que terá lugar, dia 10 de maio, entre as 9h30 e 17h30, na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, em Faro.

“Garantir a segurança dos turistas é fundamental e um dos principais critérios que os viajantes levam em conta quando selecionam um destino de férias. A maioria dos países do mundo enfrenta vários desafios a este respeito, provocados pelas alterações climáticas e por outros fatores. Entre estes, contam-se o aumento das temperaturas, que resulta em incêndios rurais e cheias provocadas por chuvas fortes, bem como outras condições meteorológicas extremas. Além disso, muitos países estão em risco de sofrer terramotos e tsunamis. Por conseguinte, é importante que existam medidas em vigor para antecipar estas condições e mitigar os seus efeitos através da avaliação e diminuição dos riscos, a fim de proteger tanto os residentes como os visitantes em caso de tais catástrofes”, realçam os promotores desta iniciativa, que é organizada pelo Turismo do Algarve, Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) e associação Safe Communities Algarve.

“Face a um número cada vez maior de visitantes estrangeiros no Algarve, que no verão ultrapassa bastante o número de residentes, é essencial que todos os agentes do setor do turismo tenham conhecimento do que está a ser feito e do papel que podem desempenhar na garantia da segurança dos seus clientes”, rematam os promotores da conferência.

pub

 

 

 

Tamanho da Fonte
Contraste