Faro: Mais de 1500 nas comemorações do 1 de Maio

Manifestação 1.º de Maio em Faro 2019

Mais de 1500 trabalhadores participaram nas diversas iniciativas
integradas nas comemorações do 1º de Maio, organizadas pela USAL/CGTP-IN,
na Alameda João de Deus, em Faro.

No final da
Manifestação, que percorreu as principais ruas da cidade, os participantes
aprovaram 2 documentos, uma resolução de apoio à continuação da luta e uma
moção em que se exige a retomada dos apoios da autarquia às comemorações do 1º
de Maio em Faro, organizadas pela USAL/CGTP-IN.

A resolução de apoio enumera
5 eixos reivindicativos centrais:   o aumento geral dos
salários de todos os trabalhadores e a fixação, a curto prazo, do salário mínimo
nacional em 850 euros; a revogação das normas gravosas da
legislação laboral e a rejeição da proposta de lei laboral do governo do PS;   o combate à precariedade nos sectores privado e público, garantindo que a
um posto de trabalho permanente corresponda um contrato de trabalho efetivo; as 35 horas de trabalho semanal param
todos, sem redução de salário, contra a desregulação dos horários,
adaptabilidades, bancos de horas e todas as tentativas de generalizar a
laboração contínua e o trabalho por turnos e o reforço do investimento nos
serviços públicos, nas funções sociais do Estado e na valorização dos
trabalhadores da administração pública, para assegurar melhores serviços às
populações.

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste