CULTURA

Faro: Música, dança e teatro comunitário até dezembro no Teatro das Figuras

Sinfonias de Beethoven, dança contemporânea, teatro comunitário e música eletrónica marcam a programação do Teatro das Figuras, em Faro, até ao final do ano, anunciou a direção daquele equipamento cultural.

Em comunicado, o Teatro das Figuras destaca a realização do festival Dance, Dance, Dance, em setembro, a recriação de um concerto de Beethoven, em outubro, os projetos comunitários Teatro de Vizinhos e Cortes de Faro, em novembro, assim como a antestreia da peça “Atlântico”, de Tiago Cadete, que estreia depois no Teatro Nacional D. Maria II.

O ciclo de programação dos próximos quatro meses tem início a 15 de setembro no âmbito do Festival Verão Azul, com a peça “A Importância De Ser Alan Turing”, de Miguel Boneville, resultado de uma residência que se inicia na próxima segunda-feira.

A 16 de setembro, o inglês Peter Kember “Sonic Boom”, apresenta o espetáculo “All Things Being Equal”, revelando “10 canções quase orquestrais de eletrónica, nascidas de uma armada de sintetizadores modulares e analógicos”.

Em setembro, decorre o festival de dança contemporânea Dance, Dance, Dance, com a apresentação de “Rite of Decai”, de Joana Castro, no dia 19, a estreia da coprodução do Espaço do Tempo e do Teatro das Figuras de “Den.tro”, de Maria Fonseca, no dia 24, e de “Dueto”, de Diana Niepce, no dia 26.

A programação paralela das palestras “online” Vidas Com Arte que teve início no período de confinamento, continua a “dar a conhecer os percursos artísticos e criativos de vários artistas” e a 25 de setembro convida a bailarina, coreógrafa e escritora Diana Niepce.

No dia 14 de outubro é a vez do coreógrafo Victor Hugo Pontes, com o ciclo de palestras a encerrar em 16 de novembro, com o encenador Ricardo Pais.

A música “é o grande destaque” de outubro, com os concertos Carta a Amália, de Júlio Resende, no dia 1, em celebração do Dia Mundial da Música e dos 100 anos do nascimento de Amália Rodrigues, e de ​​​​​​​Camané e Mário Laginha, no dia 16.

No teatro, nota para a estreia da coprodução com o Laboratório de Artes e Média do Algarve (LAMA), da peça de teatro juvenil “Romeu e Romeu”, no dia 15, e para a apresentação da peça “Turma de 95”, de Raquel André, no dia 22.

A recriação do concerto “Akademie” que Beethoven deu em 1808, pela Orquestra Clássica do Sul, é apresentada nos dias 29 e 31 de outubro, no âmbito do 250º aniversário do nascimento do compositor.

Para 6 de novembro está agendada a estreia da peça “Teatro de Vizinhos”, um projeto com direção de Miguel Martins Pessoa e consultoria da argentina Edith Scher, numa coprodução com o Janela Aberta Teatro (JAT).

Ainda na área do Teatro Comunitário, dia 21 estreia a peça “As Cortes de Faro”, resultante de uma encomenda do Teatro das Figuras a Rui Catalão.

No dia 14, a Companhia Nacional de Bailado apresenta as coreografias de Marco da Silva Ferreira e Filipe Portugal e a 28 de novembro é apresentada a antestreia da peça de teatro “Atlântico”, uma coprodução do Teatro Nacional D. Maria II, Festival END (Coimbra) e Teatro das Figuras.

Para dezembro estão agendados os concertos de Aldina Duarte, no dia 5, e Sílvia Perez Cruz & Farsa Circus Band, no dia 15, assim como a estreia da peça “Animais Carnívoros”, de Miguel Moreira, com direção de Rogério de Carvalho, no dia 10. A Companhia de Dança do Algarve em coprodução com o Teatro das Figuras encerra o ano com o habitual espetáculo de Natal entre 17 e 20 de dezembro.

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: