ALGARVE

Faro: Praxe solidária para ajudar animais do CIAA

.
[mobileonly] [/mobileonly]
.

Os alunos dos cursos de Biologia e Biologia Marinha da Universidade do Algarve desenvolveram, pelo quarto ano consecutivo, uma praxe solidária animal junto do grupo Combate à Indiferença e Abandono Animal (CIAA), que desenvolve a sua atividade nos concelhos de Faro e Loulé.

No final do encontro os alunos recolheram e doaram 74,5 euros ao CIAA. Este donativo será utilizado para ajudar a liquidar o custo da operação às cataratas a que o Blind (cão resgatado e que procura ainda uma família) será brevemente sujeito.

Antes, os membros do CIAA deram a conhecer aos caloiros e académicos o trabalho desenvolvido pelo grupo, falaram da importância da esterilização e deram ainda a conhecer o sistema de Famílias de Acolhimento Temporárias (FATs) e o sistema de voluntariado.

O CIAA tem vários animais a seu cargo, muitos deles doentes crónicos e animais séniores que dificilmente encontrarão uma família, para além das que os acolhem temporariamente. Apesar das dificuldades vividas pelo CIAA, os voluntários mantêm-se incansáveis no combate à indiferença e abandono animal. Este encontro trouxe também consigo a oportunidade de angariar novos voluntários para a causa animal.

Refira-se que em setembro de 2015 os caloiros foram desafiados pelos seus académicos (alunos de 3.º ano) a realizar uma praxe solidária e ajudar o grupo de ajuda animal CIAA. Dois anos depois, esses caloiros são hoje académicos e propuseram o mesmo aos novos alunos. Esta praxe solidária parece que começa a tornar-se uma tradição nos cursos de Biologia Marinha e Biologia da Universidade do Algarve.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: