ALGARVE

Faro: Prisão preventiva para assaltante de supermercado

Um dos três homens detidos na quarta-feira por assalto a um supermercado no Montenegro, concelho de Faro, ficou em prisão preventiva por alegada posse de armas proibidas e pelos crimes de roubo e extorsão, anunciou o Comando Territorial de Faro da GNR.

Outro dos detidos terá que se apresentar periodicamente às autoridades na sua área de residência e viu suspensa a sua licença como segurança privado, função que exercia em estabelecimentos noturnos. Ao terceiro detido foi aplicado o termo de identidade e residência. 

A detenção dos três homens ocorreu após 6 meses de investigação. Os suspeitos faziam parte de um grupo que, além de ter roubado o supermercado de Montenegro, tentou furtar uma rent-a-car na mesma localidade.

Segundo as autoridades, os detidos tentaram ainda extorquir o proprietário de um bar, para que contratasse os serviços de segurança que os suspeitos ofereciam.

Após a investigação, foram feitos 7 mandados de busca domiciliária e outros 5 a veículos, e foram apreendidas 14 doses de cocaína, 5 armas de ar comprimido, 3 caçadeiras, 1 pistola, 2 cocktail molotov, 1 punhal, 1 sabre, 1 soqueira, 94 munições de diversos calibres, 9 caixas de anabolizantes, 8 telemóveis e 6500 euros em numerário.

Edição Semanal




PORTIMONENSE E-SPORTS APRESENTA EQUIPA DE F1 (VIDEO) E PROJETA NOVAS PLATAFORMAS NO CLUBE

Tamanho da Fonte
Contraste