CULTURA ÚLTIMAS

Faro: Receita do festival de cinema de surf vai reverter para a APPC

.
.

O “Surf Films Roadshow”, que está a levar ao país a apresentação dos filmes mais emblemáticos que passaram pelo “Allianz – Portuguese Surf Film Festival”, realizado anualmente na Ericeira, passa esta sexta-feira pela cidade de Faro e inclui ainda uma atividade no sábado.

Assim, o “Surf Films Roadshow” estará no Auditório do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) na sexta-feira, a partir das 21h00, e no sábado terá lugar mais uma edição do “Surf Arte Show”, organizado pelo Clube de Surf de Faro.

A iniciativa inclui a projeção de dois filmes. O primeiro é curta “Learning to Float”, do americano Brendan Calder, que conta a história de Giovanni Douresseau: através de um mentor que o levou a surfar pela primeira vez perdeu 45kg e a sua vida ganhou uma nova dimensão, tornando-se ele o mentor de crianças em situação de exclusão social, às quais leva a mesma inspiração que recebera anos antes.

Será ainda apresentado “I Wanna Surf”, de Timon Rupp. O primeiro documentário de surf suíço retrata a busca incansável de ondas num país sem mar, o que significa aproveitar todas as oportunidades: uma onda estática de um rio, atrás do rasto dos barcos a motor, ou simplesmente com uma mochila e um bilhete de avião.

Em simultâneo, terá lugar uma exposição que junta trabalhos fotográficos de João “Brek” Bracourt a uma coleção privada de pranchas antigas (desde os anos 70 até à actualidade) pertencente a Manuel Mestre. Será possível apreciar, por exemplo, uma prancha original de 1980 de Mark Richards e uma prancha Hot Stuff datada de 1978, o mesmo modelo usado por Wayne “Rabbit” Bartholomew quando foi campeão do mundo.

“No ano passado estivemos em sete cidades a nível nacional, mas não no sul do país. Por isso este ano pareceu-nos acertado iniciarmos o ‘Surf Films Roadshow’ no Algarve, em colaboração com as parcerias já estabelecidas localmente com o Cine-Clube e o Clube de Surf de Faro””, explica Susana Andrade, diretora do festival.

Festival solidário

Como tem vindo a ser prática habitual do “Allianz – Portuguese Surf Film Festival”, desde a sua primeira edição, este ano continuará a campanha nacional de solidariedade social. Em Faro, a instituição que irá receber a totalidade das receitas será a delegação local da Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral (APPC).

A causa a beneficiar é a aquisição de equipamento específico para a prática de surf adaptado, iniciativa que conta com a participação de um grupo de sete indivíduos portadores de paralisia cerebral, utentes do Centro de Actividades Ocupacionais da APPC.

Para assistir ao “Surf Films Roadshow” será solicitada ao público a doação mínima de 1 euro para a instituição escolhida. Quem optar por doar mais, cada 3 euros darão imediatamente direito a uma “t-shirt” do festival.

Outra novidade da campanha de solidariedade social de 2015 resulta duma parceria com as conservas Cego do Maio. Em todas as etapas do “Surf Films Roadshow” serão apresentadas edições especiais destas conservas portuguesas com receitas novas, que o público poderá adquirir (e colecionar) pelo preço unitário de 3 euros, valor que também reverterá na sua totalidade para a instituição a beneficiar. As latinhas já estão disponíveis em Faro e o público terá direito a uma pequena degustação, no momento que antecede o início da sessão de cinema.

.

.

.

.

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste