Faróis voltam a bater recorde de visitantes

Farol de Vila Real de Santo António

Os 28 faróis portugueses abertos ao público no Continente, Madeira e Açores, entre os quais quatro do Algarve, receberam este ano 101.613 visitantes, registando assim um novo recorde num ano.

Estes números representam um aumento de 27.721 visitas em relação a 2017, ano em que se registaram 73.892 visitantes, revelou a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

​”O aumento de visitantes em 2018, em relação ao ano anterior, constitui também um recorde visto que, desde que os faróis abriram ao público, em 2011, o aumento médio anual de visitantes era de 7.600″, sublinha a AMN.

No topo das preferências está o Farol de Aveiro, que registou este ano 15.561 visitantes. O segundo e terceiro faróis portugueses mais visitados deste ano situam-se na Madeira e nos Açores. Trata-se do Farol da Ponta do Pargo e do Farol do Arnel, que registaram 15.301 e 10.951 visitantes, respetivamente.

No continente, os 15 faróis abertos ao público registaram 53.580 visitantes. Entre estes estão quatro situados na Região do Algarve: Vila Real de Santo António, Santa Maria (Faro), Alfanzina (Lagoa) e Cabo de São Vicente (Sagres, Vila do Bispo).

Na Madeira, os dois faróis abertos ao público totalizaram 23.410 visitantes, e nos Açores os 11 faróis abertos ao público foram visitados por 24.623 pessoas.

“A abertura dos faróis ao público é uma iniciativa que tem como objetivo a divulgação da história, património e atividade dos faróis e faroleiros”, explica a AMN.

Advertisements

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar
Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste