Feira promove o “genuíno e exclusivo” presunto da serra de Monchique

O presunto da serra de Monchique é derivado da carne de porco preto e curado com os métodos tradicionais da região

O “genuíno”, “exclusivo” e “tradicional” presunto da serra algarvia, derivado da carne de porco preto, é servido entre os próximos dias 24 e 26 de julho numa grande festa popular, montada à entrada da vila

 

Já está tudo a postos em Monchique para a 18ª edição da Feira do Presunto, que vai decorrer, de 24 a 26 de julho, no parque de S. Sebastião. A entrada é gratuita.

“Durante todo o fim de semana vai ser dado a conhecer o genuíno e exclusivo presunto tradicional da serra de Monchique”, adianta a organização, a cargo da autarquia local, frisando que o presunto já faz parte da história e da identidade do povo serrano.

Atualmente, já existem em Monchique quatro fábricas de enchidos e três cozinhas tradicionais, “estando ainda em fase de legalização mais unidades produtivas”. A revelação foi feita esta semana ao JA pelo vice-presidente da Câmara de Monchique. Luís Grade revela ainda que esta edição da Feira do Presunto vai contar com 39 expositores, cinco dos quais de enchidos.

Para além deste ícone gastronómico de Monchique – derivado da carne de porco preto e que ainda hoje é curado de acordo com os métodos tradicionais da região –, o artesanato também tem uma forte presença neste evento, havendo ainda stands dedicados à doçaria, mel, pão, medronho, compotas, licores e outros produtos.

- Publicidade -

Tal como nos anos anteriores, a animação musical também vai ser uma constante nesta edição, com a atuação dos Irmãos Verdade (sábado) e Ana Malhoa e India Malhoa (domingo). Ambos os concertos têm início marcado para as 22h00.

Outra das atrações desta edição são os passeios de burro, destinados especialmente às crianças.

O verdadeiro gosto da tradição

Está tudo a postos, assim, para um dos maiores acontecimentos anuais da serra algarvia, onde os produtores locais dão a experimentar a milhares de visitantes o verdadeiro gosto da tradição.

Para além da promoção da região, este é um evento que contribui para incentivar a produção local e ajudar a economia do concelho.

Ao contrário do que vinha acontecendo desde 2012, a autarquia decidiu este ano separar a feira do presunto e o festival do medronho, que será realizado mais tarde, “provavelmente em outubro”, adiantou ao JA Luís Grade. “A ideia é realizar um evento especial em parceria com a associação de produtores e a confraria do medronho”, desvenda o autarca.

Já em relação à Feira do Presunto, a inauguração terá lugar no dia 24, às 18h00, e pela noite dentro o visitante poderá desfrutar das atuações musicais com o Grupo Coral e Instrumental da Academia Sénior de Monchique e de Eulália e Vânia Nunes.

Nuno Couto/JA

 

.

 

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_img

+ Populares

- Publicidade -festa-da-espiga

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste