Félix Braz, vice-primeiro ministro do Luxemburgo internado em estado grave

O castromarinense Félix Braz, de 53 anos, vice-primeiro-ministro do Grão-Ducado, continua em estado grave nos cuidados intensivos de um hospital belga, depois de ter sofrido um enfarte do miocárdio, em 22 de agosto.
Félix Braz que o nosso Jornal teve o privilégio de entrevistar, junto do seu irmão, proprietário do snack bar do mercado de Vila Real de Santo António, “Mestre Abílio”, estava a passar férias com a família na zona costeira belga quando sofreu o enfarte.
Marcelo Rebelo de Sousa está a par de “toda a evolução do estado de saúde de Félix Braz”, declarou o seu assessor ao jornal digital “Contacto”. Desde que foi internado que o presidente português tem estado em “contacto permanente” com a família do ministro Félix Braz e com o primeiro-ministro do Luxemburgo Xavier Bettel, estando preocupado com o ministro lusodescendente.
Em nota oficial da Presidência já exprimiu “àquele Governo e à Família os votos de rápida recuperação do nosso também compatriota, na sequência da emergência de saúde que o levou a ser hospitalizado”, lê-se na mensagem divulgada no site da Presidência Portuguesa.

O governo anunciou que “os assuntos correntes do ministério da Justiça são assegurados pelo Ministro da Defesa, da Mobilidade, dos Transportes Públicos e da Segurança Interna, Francois Bausch” enquanto Félix Braz estiver ausente.

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste