Festival F reúne os maiores nomes da música portuguesa

Salvador Sobral

De 30 de agosto a 1 de setembro, o centro histórico de Faro volta a ser palco do Festival F, o último grande festival de verão a nível nacional.

O evento, que tem lugar na chamada “vila adentro”, a zona histórica de Faro, aposta fortemente na música portuguesa, com vários artistas nacionais a pisarem os sete palcos espalhados pela cidade.

No cartaz desta quinta edição destaca-se Salvador Sobral, Diogo Piçarra, D.A.M.A, Slow J, Kátia Guerreiro, num concerto especial com a Orquestra Clássica do Sul ou Luís Severo, no dia 30 de agosto. Sérgio Godinho, Piruka, Aurea, The Legendary Tigerman, Dead Combo ou Elisa Rodrigues são os destaques no dia seguinte, enquanto The Gift, Revenge Of The 90’s, Raquel Tavares, Moonspell (apresentação do álbum 1755) e Manel Cruz, são alguns dos artistas que encerram o festival, no dia 1 de setembro.

As portas do Festival F abrem todos os dias às 18h00 e a festa prolonga-se até às quatro da manhã. Além dos concertos, há exposições, stand up comedy, uma área de comida de rua, artesanato e teatro.

O bilhete diário custa 15 euros, enquanto a entrada para os três dias custa a partir de 40 euros.

O Festival F surgiu por iniciativa do município e do teatro municipal de Faro, com o objetivo de afirmar o concelho como um local privilegiado para a realização de um festival de verão, capaz de se diferenciar no calendário de eventos nacionais.

Perto de 35.000 pessoas passaram pelo festival em 2017, numa edição marcada pelo forte crescimento, com a expansão do recinto para fora das muralhas da vila adentro e da programação de uma terceira noite. Em 2018, perante o sucesso da edição anterior, o evento consolida este modelo, continuando a valorizar o património, com raízes bem estabelecidas na zona histórica da vila adentro e espraiando-se até à Ria Formosa, que durante três dias é enriquecida por uma programação cultural de referência.

NC|JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste