Fidel Castro visitou Centro de Investigação da Economia Mundial

 O ex-presidente cubano, Fidel Castro, visitou terça-feira em Havana o Centro de Investigação da Economia Mundial, onde manteve uma reunião com peritos, naquela que foi a sua terceira aparição pública em menos de uma semana.

De acordo com a televisão estatal, Fidel Castro reuniu-se com os dirigentes e economistas que trabalham no centro durante mais de uma hora advertindo-os dos perigos de uma guerra nuclear e encomendando estudos sobre o tema.

Depois de quatro anos afastado da vida pública devido a doença que o obrigou a ceder o poder ao seu irmão Raul, Fidel Castro volta a ser notícia com as suas reaparições, a primeira das quais a 7 de julho quando visitou o Centro Nacional de Investigação Cientifica.

Além disso, Fidel surgiu segunda-feira num programa de televisão para falar do perigo de um ataque americano ao Irão.

Na visita de hoje, cujas fotografias divulgadas terão sido feitas pelo filho Alex Castro, surgem também a esposa Dália Soto del Valle, e um outro filho, António, médico de profissão.

Fidel Castro, que esteve no poder 49 anos e 55 dias, volta a aparecer publicamente ou na televisão quando Cuba está envolvida num processo de libertação de presos políticos com que se comprometeu Raul Castro.

JCS

Lusa/JA

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Advertisements

Assine já com 10% de desconto. Cupão: CPNOVO Ignorar

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: