Folar de Olhão é o único “sobrevivente” do Algarve nas 7 Maravilhas

O Folar de Olhão é o único doce algarvio a representar a região do Algarve no concurso 7 Maravilhas Doces de Portugal. Depois de ter sido o grande vencedor do distrito de Faro, o Folar de Olhão disputa no próximo sábado, dia 31 de agosto, a última semifinal do concurso, onde vai ficar completa a lista final de doces candidatos a 7 Maravilhas de Portugal.

Na outra semifinal, realizada no dia 24 de agosto, o Dom Rodrigo de Lagos, que terminou na segunda posição a nível regional e tinha sido repescado, não conseguiu chegar à final. A concurso, foram ainda o Folhado de Loulé, o Bolo de Tacho de Monchique, assim como o Doce Fino, o Morgado e o Queijo de Figo, todos de Portimão.

Assim, no próximo sábado, o Folar de Olhão, que tem associado o número 760 107 137, vai novamente a votos, numa semifinal onde também vão alinhar o Porquinho Doce de Beja, a Boleima de Portalegre, os Bons Maridos, a Brisa do Liz, as Filhós de Cabrela, os Ovos Moles de Aveiro, a Palha de Abrantes, o Pastel de Nata, o Pastel de Tentúgal, o Pudim de Nozes do Convento de Jesus de Setúbal, as Queijadas, a Sardinha Doce de Trancoso e a Tigelada de Proença-a-Nova.

Caso o Folar de Olhão supere os seus concorrentes, vai participar depois na gala finalíssima, que está marcada para o dia 7 de setembro, com transmissão na RTP 1, em horário nobre. Dos 14 finalistas apurados, vão ser eleitos sete doces pelos portugueses como 7 Maravilhas de Portugal. E o Folar de Olhão alimenta a ambição de chegar lá…!

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste