Forno romano vai ser preservado em Castro Marim

O Forno Romano de Olhos de São Bartolomeu, que foi descoberto e escavado no ano de 1896, no concelho de Castro Marim, vai ser salvaguardado, através de uma ação conjunta da Direção Regional de Cultura do Algarve, dos Serviços Especiais de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR e da Câmara de Castro Marim.

Estas entidades atuaram para salvar o forno romano de produção de ânforas de Olhos de São Bartolomeu após a denúncia da realização de obras sem licença, que foram interrompidas, tendo sido realizados trabalhos arqueológicos de minimização dos impactos negativos sobre o património arqueológico.

“Estes trabalhos arqueológicos permitiram confirmar a localização do forno romano e recolher elevada quantidade de cerâmicas, transportadas para a Universidade do Algarve, com o objetivo de serem estudadas e aprofundar o conhecimento sobre, por exemplo, a época de laboração e produções do forno”, revela a Direção Regional de Cultura do Algarve…

Leia a notícia completa na edição em papel.

pub

 

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste