Foto do Ano da World Press Photo faz história

“Escola Residencial Kamloops”, para o jornal norte-americano The New York Times, venceu o prémio de Foto do Ano

A fotógrafa canadiana Amber Bracken venceu o prémio de Fotografia do Ano 2022 da World Press Photo, com uma imagem que, pela primeira vez na história do concurso, não inclui qualquer figura humana, foi anunciado esta quinta-feira.

De acordo com informação disponível no ‘site’ oficial da World Press Photo, “Escola Residencial Kamloops”, de Amber Bracken para o jornal norte-americano The New York Times, venceu o prémio de Foto do Ano.

“Pela primeira vez na história de 67 anos da World Press Photo, a Foto do Ano é uma fotografia onde não aparecem pessoas”, destaca aquela instituição.

Além da Foto do Ano, foram também anunciados os vencedores das categorias de Reportagem do Ano – ‘Salvando florestas com fogo’, do australiano Matthew Abbott, para a National Geographic -, o Projeto de Longo Prazo – ‘Distopia Amazónica’, do brasileiro Lalo de Almeida para a Folha de São Paulo e ‘O sangue é uma semente’, da equatoriana Isadora Romero.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

+ Populares

- Publicidade -castro-marim-santos
- Publicidade-spot_img

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste