DESPORTO ÚLTIMAS

Futebol: Algarve terá menos duas equipas nos campeonatos nacionais

 

.

Porém, com a subida do Farense à Segunda Liga (onde o Algarve não estava representado) a região passa a ter dois emblemas nos campeonatos profissionais e só não terá representação, mais uma vez, na 1.ª Divisão de sub-19 (juniores A)

DOMINGOS VIEGAS

Tendo em conta o “saldo negativo” registado esta época entre promoções e despromoções, o Algarve vai ter menos duas equipas nas provas nacionais da próxima temporada. Esta situação corresponde aos campeonatos seniores, já que nos escalões de formação, mesmo com números diferentes de subidas e descidas, as contas acabaram por ficar igualadas.

No entanto, se na época que agora terminou o Algarve não esteve representado em dois campeonatos (Segunda Liga e 1.ª Divisão de juniores A), na próxima temporada a região só não terá representação no principal escalão de juniores.

Mas vamos a contas. O Portimonense garantiu a manutenção na Primeira Liga, onde o Algarve continuará a ter uma equipa, e o Farense subiu à Segunda Liga, fazendo com a região volte a estar representada naquele escalão e passe a ter duas equipas nos campeonatos profissionais (na última época teve apenas uma, devido à despromoção do Olhanense na época anterior).

No Campeonato de Portugal, mantiveram-se Olhanense, Louletano e Armacenenses e subiu o Ferreiras (campeão da 1.ª Divisão Distrital do Algarve). Mas foram despromovidas aos distritais três equipas: Almancilense, Lusitano de VRSA e Moncarapachense. Assim, se nesta época a região teve oito equipas nas provas nacionais seniores, na próxima terá apenas seis emblemas. Recorde-se que na próxima temporada o Campeonato de Portugal será disputado por 72 equipas em vez das 80 que estiveram em competição nesta época.

Tudo igual nos escalões jovens

Nos campeonatos nacionais dos escalões de formação, o número de representantes da região mantém-se. Foram despromovidas três equipas, mas como subiram as habituais três (uma por cada escalão) as contas ficaram equilibradas. E o Algarve continua sem representação na 1.ª Divisão de Juniores, já que nenhum dos três clubes que militaram na 2.ª Divisão conseguiu a promoção.

Na próxima época o Algarve estará representado na 2.ª Divisão de sub-19 (juniores A) com Farense e Olhanense, que garantiram a manutenção, e com Louletano, que subiu por ter sido o campeão do Algarve daquele escalão e vai “substituir” o despromovido Portimonense.

Nos juniores B (sub-17, ou juvenis), o Olhanense, único representante da região esta época, manteve-se e o Portimonense (campeão do Algarve) subiu, ou seja, na próxima temporada o Algarve terá mais uma equipa neste campeonato nacional.

Porém, e a pesar daquele aumento, as contas acabaram por ficar equilibradas devido à prestação dos emblemas algarvios no campeonato nacional de juniores C (sub-15, ou iniciados). É que subiu uma equipa e foram despromovidas duas. Silves e Campinense desceram aos distritais e subiu o Guia (campeão do Algarve neste escalão) pela primeira vez. Mantiveram-se Portimonense, Farense, Olhanense e Quarteirense.

Uma subida e uma descida no futsal

Quanto aos campeonatos nacionais de futsal, na 2.ª Divisão, Farense e Portimonense lutaram até à última jornada pela subida ao principal escalão da modalidade a nível nacional. Estes dois clubes, bem como o Albufeira Futsal, vão manter-se na 2.ª Divisão e, na próxima época, terão a companhia do Louletano, que se sagrou campeão do Algarve. O Sonâmbulos foi despromovido aos distritais o que significa que a região voltará a ter quatro equipas nos campeonatos nacionais de futsal.

Ainda no futsal, destaque para o Farense que, além da luta pela subida à 1.ª Divisão, foi a única equipa do segundo escalão a conseguir a qualificação para a fase final a oito (Final Eight) da Taça de Portugal. Na última semana, a formação da capital algarvia venceu a Taça do Algarve, ao derrotar o Sonâmbulos, fechando com chave de ouro a sua melhor época de sempre.

Advertisements
%d bloggers like this: