FUTEBOL ÚLTIMAS

Futebol e futsal do Algarve celebraram em festa encerramento da temporada

Pedro Delgado (Portimonense) recebeu o prémio de Jogador Jovem do Ano
Pedro Delgado (Portimonense) recebeu o prémio de Jogador Jovem do Ano

A Festa do Futebol, organizada anualmente pela Associação de Futebol do Algarve (AFA), conheceu a sua quinta edição no último sábado, num evento realizado no hotel Hilton Vilamoura. A família do futebol e do futsal do Algarve viveu uma noite de salutar convívio, marcada por homenagens de grande significado e pela atribuição dos já tradicionais prémios anuais.

Rui Bento, algarvio natural de Silves, foi o homenageado da noite, devido ao seu percurso enquanto futebolista e treinador, avultando, entre outras conquistas, o título mundial de sub-20, em 1991, e os três campeonatos nacionais por três clubes diferentes: Benfica, Boavista e Sporting.

Momento alto da noite, pelo tom emotivo presente, foi a distinção como Sócio Honorário da AFA de José Guerreiro Cavaco, um dirigente com uma longa folha de serviços em prol do futebol português e algarvio, tendo, entre outras funções, desempenhado o cargo de presidente da AFA e de dirigente da FPF.

No que concerne aos prémios, na arbitragem, Flávio Lima (futebol) e Nuno Cebola (futsal) foram distinguidos como árbitros do ano, em função das classificações obtidas, com a AFA a prestar ainda uma homenagem aos árbitros Nuno Ferreira (futebol) e Hélder Carmo (futsal), que encerraram as suas carreiras.

No futebol juvenil, os juvenis do Imortal foram distinguidos como Equipa Jovem do Ano, fruto da sua excelente participação no campeonato nacional da categoria, e Pedro Delgado (Portimonense) recebeu o prémio destinado ao Jogador Jovem do Ano, para o qual estavam também nomeados dois outros valores emergentes do futebol algarvio, Tiago Martins e Pedro Simões. Refira-se que Pedro Delgado, de 16 anos, está a caminho do Inter de Milão e deverá mudar-se para a cidade italiana ainda antes do início da próxima temporada.

Nota ainda para a subida ao palco do jogador Rafael Miranda, do Louletano, que tem o registo 1.000.000 nos serviços da Federação Portuguesa de Futebol. Ou seja, o jogador um milhão do futebol português é algarvio.

Nas distinções relativas aos jogadores do ano, no futsal a Jogadora do Ano foi Daniela Cabrita, enquanto Nélson Carmo recebeu o prémio para Jogador do Ano. No futebol, Pituca foi distinguido como Jogador do Ano.

Nos treinadores, Rosa Coutinho mereceu a preferência dos seus pares treinadores e arrecadou o troféu em disputa, no futsal, enquanto no futebol foi Bruno Saraiva o vencedor.

No prémio Dirigente do Ano, António Barão recolheu o maior número de votos e recebeu o respectivo troféu.

Alves Caetano, presidente da Associação de Futebol do Algarve, e Reinaldo Teixeira, presidente da Assembleia Geral, usaram da palavra, numa noite de grande significado para o futebol e para o futsal do Algarve.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste