ALGARVE

GNR detém suspeito de fraude fiscal por venda ilegal de tabaco em Loulé

[mobileonly] [/mobileonly]

O Destacamento de Ação Fiscal, através do Destacamento de Ação Fiscal de Faro da GNR, constituiu arguido um homem, de 44 anos, suspeito de introdução fraudulenta no consumo e fraude fiscal por venda ilegal de tabaco, no concelho de Loulé, anunciou hoje a instituição.

Estima-se que o valor da fraude tributária, em sede de IVA e do Imposto Especial sobre o consumo de tabaco, ascende a cerca de 78 mil euros.

No âmbito de uma operação de combate à comercialização fraudulenta de tabaco, os militares apuraram que o suspeito se dedicava à atividade ilícita há pelo menos dois anos, introduzindo em território nacional o tabaco triturado com origem em Espanha e procedendo à sua venda através da Internet.

No decorrer das diligências, foram realizadas três buscas, destacando-se a apreensão de 1,5 quilos de tabaco triturado, dois computadores portáteis, cinco telemóveis, dois tabletes, 14 pens, quatro discos rígidos e uma balança de precisão.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste