História de Tavira contada em dois volumes por Ofir Chagas

.
.

Chama-se “História de Tavira”, é composta por dois volumes, cada um com 300 páginas, e inclui 480 imagens. É a nova obra de Ofir Chagas e será apresentada em duas sessões, ambas na cidade de Tavira, marcadas para os dias 28 de novembro e 05 de dezembro.

A primeira parte do primeiro tomo começa com uma análise aos primórdios de Tavira e aborda ainda toda a época da monarquia vivida entre os séculos XII e XIX.

A segunda parte recorda a Primeira República, desde a sua aclamação em Tavira, as lutas políticas da época, a participação dos militares tavirenses na Primeira Grande Guerra, a Pneumónica, até ao colapso do velho regime republicano.

A terceira parte, já integrada no segundo tomo, constitui um estudo sobre o Estado Novo. O que foi a vida quotidiana de Tavira, o clima político do momento, a economia da terra, a evolução e decadência da pesca do atum, o urbanismo da época, o desenvolvimento turístico, entre outros temas.

A quarta e última parte recorda a vivência pós “5 de Abril”, bem como a evolução urbana da cidade e o desenvolvimento social que envolveu Tavira.

Em referência especial, esta obra recorda ainda as muitas centenas de tavirenses que deram vida a Tavira, quer no campo social e cultural, quer na vida politica e autárquica, com referência a todas as equipas governativas do concelho, desde o ano de 1835 até aos nossos dias.

O lançamento desta obra acontece no próximo dia 28, às 16h00, na Biblioteca Municipal Álvaro de Campos, com apresentação de José Carlos Vilhena Mesquita, da Universidade do Algarve.

A segunda sessão está marcada para o dia 05 de dezembro, à mesma hora, mas Auditório do Clube de Tavira e, desta vez, a apresentação estará a cargo do comandante José Joaquim Peralta Castro Centeno.

.

.

.

.

Avatar

DV

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

Tamanho da Fonte
Contraste