ALGARVE ÚLTIMAS

Hoje é Dia do Trabalhador. Sabe porquê?

.
.

No Algarve, o dia 1 de maio, feriado do Dia do Trabalhador, é celebrado habitualmente com diversas festas e romarias, saídas ao campo, piqueniques, danças e muita música tradicional. Porém, não é só o dia do trabalhador que se celebra, mas também o arranque de uma série de festejo milenares, de origem pagã, que pretendem celebrar a natureza e a fertilidade da terra, em tempo de primavera.

Mas vamos ao feriado, o Dia do Trabalhador, que é assinalado a 1 de maio na maioria de países do mundo (salvo algumas exceções), independentemente das sua crenças, tradições ou cor da pele da sua população.

Em 1889, a Internacional Socialista, reunida em Paris, decidiu passar a organizar anualmente uma jornada dedicada ao movimento operário. Foi escolhido o dia 1 de maio para, simultaneamente, homenagear os denominados Mártires de Chicago, sindicalistas que, três anos antes, tinham sido condenados à morte, e outros à prisão perpétua, acusados de ser os responsáveis pelas greves gerais que reivindicaram a implementação das oito horas de trabalho diário, naquela cidade dos Estados Unidos (o lema era: “oito horas de trabalho, oito horas de lazer e oito horas de descanso).

A partir daí, o 1.º de Maio passou a ser assinalado progressivamente em mais países ao longo dos primeiros anos do século XX, mas o feriado tardou um pouco mais em ser estabelecido. Ao tratar-se de uma jornada que foi sempre utilizada para reivindicações sociais e laborais a favor das classes trabalhadoras, principalmente por parte dos movimentos socialistas, comunistas e anarquistas, só era autorizada nos países onde os respetivos governos o permitiam.

Em Portugal, principalmente durante a vigência da ditadura do Estado Novo, as jornadas do 1 de Maio foram constantemente reprimidas até à Revolução de Abril de 1974, altura em que esse dia passou a ser feriado oficial e a jornada começou a ser assinalada livremente.

Tamanho da Fonte
Contraste
Bloggers %d como este: