ALGARVE

Homem detido por captura e detenção ilegais de aves na Ria Formosa

ria formosa
Ria Formosa

As autoridades policiais do ambiente detiveram um homem em flagrante, no domingo, por captura e detenção ilegal de aves cinegéticas do Parque Natural da Ria Formosa, em Olhão, anunciou a GNR.

A detenção, feita pelo Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Faro, permitiu resgatar 21 aves e o detido, de 62 anos, está indicado por “crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegéticas no Parque Natural da Ria Formosa, no concelho de Olhão”, precisou o Comando Territorial de Faro da GNR num comunicado.

A mesma fonte adiantou que a detenção foi feita depois de “uma denúncia” que apontava para a posse de “diversas aves de espécies cinegéticas” pelo detido, tendo, nas diligências realizadas, sido apreendidas “17 gaiolas, cinco das quais com armadilhas”, e “uma rede invisível para captura de aves com cerca de nove metros”. 

Foram resgatados “seis pintassilgos Carduelis carduelis, seis milheirinhas Serinus serinus, cinco pintarroxos-comuns Carduelis cannabina e quatro verdilhões Carduelis chloris” e as aves foram entregues ao Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens, enquanto o detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao tribunal de Olhão.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste