Hong Kong aprovou salário mínimo

Valor só será conhecido em Novembro.

Mais de 40 horas de debate permitiram na noite de sábado aos deputados do Conselho Legislativo de Hong Kong aprovar – pela primeira vez na história da cidade – uma lei de salário mínimo cujos pormenores só serão, no entanto, determinados no final do ano.
Considerada uma vitória para as classes mais desfavorecidas em termos salariais, a lei passou no parlamento local sem definir quanto será o mínimo a pagar aos trabalhadores, numa das cidades mais ricas do mundo onde o Produto Interno Bruto per capita foi de 30 863 dólares americanos (23 858 euros) em 2008.

Segundo a imprensa local, os empregadores deverão ser obrigados a pagar um mínimo por hora de 24 dólares de Hong Kong (3 dólares americanos ou cerca de 2,4 euros), valor bem mais baixo dos 7,25 dólares garantidos nos Estados Unidos ou dos 9 dólares garantidos no Reino Unido, e baixo para uma das mais caras cidades do mundo como Hong Kong.

JA/AL

Advertisements

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar
Tamanho da Fonte
Contraste