Hospitais algarvios reforçam apoio a doentes incuráveis

O Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA) vai implementar uma equipa de apoio psicossocial na área dos cuidados paliativos, para que o Serviço Nacional de Saúde consiga ter uma resposta adequada às pessoas com doenças incuráveis e graves.

Este projeto, criado e financiado pela Fundação “La Caixa”, no âmbito do Programa de Apoio Integral a Pessoas com Doenças Avançadas, designado por Programa Humaniza, vai funcionar, numa primeira fase, nas unidades hospitalares de Faro e de Portimão, assim como nas equipas comunitárias de suporte em cuidados paliativos do agrupamento de centros de saúde (ACES) Central e do Barlavento, cujas sedes são também em Faro e Portimão.

 O objetivo deste projeto passa por “implementar abordagens psicossociais e espirituais baseadas na evidência, de acordo com os problemas específicos da pessoa”. A ideia é, ainda, promover a capacitação dos familiares para lidarem com a situação de fim devida.

Segundo os mentores do projeto, esta abordagem “permite uma intervenção no luto mais estruturada, a deteção precoce dos fatores de risco e a intervenção individualizada”. Numa etapa posterior, frisam, “a atuação em contexto de grupo constituirá uma mais-valia para os enlutados”…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 13 DE DEZEMBRO)

Advertisements
Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste