ALGARVE ÚLTIMAS

Hospitais algarvios vão tratar os doentes a casa

Em vez de os doentes irem ao hospital para receberem tratamento, será um médico ou enfermeiro do centro hospitalar algarvio que vai a casa do doente tratá-lo
Em vez de os doentes irem ao hospital para receberem tratamento, será um médico ou enfermeiro do centro hospitalar algarvio que vai a casa do doente tratá-lo

As unidades hospitalares da região poderão ter, já no próximo ano, uma equipa de médicos e enfermeiros que andará de casa em casa a tratar dos doentes. Segundo o secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, esta medida pode ter muitas vantagens clínicas: evita deslocações, diminui os riscos de infeção hospitalar, reduz os tempos de internamento, liberta camas e diminui as “visitas” aos hospitais da região. E, claro, poderá significar uma redução de custos

Os hospitais de Faro e Portimão-Lagos poderão começar já no próximo ano a prestar cuidados médicos e de enfermagem a alguns doentes no seu próprio domicílio, poupando-os, assim, a deslocações, sempre incómodas, àquelas unidades hospitalares.

O anúncio foi feito, na semana passada, pelo secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, durante a inauguração oficial da nova Unidade de Saúde Familiar (USF) Ossónoba, instalada no centro de saúde de Faro.

Segundo Manuel Delgado, “a estratégia do Governo para 2018 passa por reforçar a importância estratégica da domiciliarização dos cuidados, não só para evitar os internamentos desnecessários nos hospitais, mas também para promover, junto dos cuidados de saúde personalizados, o desenvolvimento deste apoio ao domicílio”…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 7 DE DEZEMBRO)

Nuno Couto|Jornal do Algarve

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste