CULTURA

Igreja Matriz de Loulé está a ser reabilitada

Já se encontram a decorrer as obras de reabilitação da Igreja Matriz de Loulé, classificado como Monumento Nacional e um dos mais emblemáticos edifícios eclesiásticos do concelho, anunciou o município.

Em comunicado, a autarquia revela que já estão concluídos os trabalhos referentes ao restauro do pórtico e vão arrancar agora os trabalhos de conservação arquitetónica, num valor total de mais de 890 mil euros, que visam a recuperação e beneficiação do edifício resolvendo as anomalias construtivas, funcionais, higiénicas e de segurança acumuladas ao longo dos anos. Estes trabalhos incidem sobre as fachadas, coberturas, infraestruturas e torre sineira.

Recorda o documento que, ao longo dos últimos anos, também os retábulos e altares desta Igreja têm vindo a ser restaurados.

Esta é uma obra de grande importância para Loulé não só do ponto de vista patrimonial, mas porque esta Igreja constitui o principal local de culto para a comunidade católica da cidade, seja em termos de realização de casamentos, funerais ou comunhões. Nos últimos anos esta igreja tem sido palco de concertos ligados à música clássica, nomeadamente durante o Festival MED ou nos Encontros de Música Antiga.

Localizada no Largo do Batalhão dos Sapadores dos Caminhos de Ferro na zona mais a sul do casco histórico de Loulé, junto à porta de Faro da muralha medieval, a Igreja Matriz de Loulé ou a Igreja de S. Clemente foi construída possivelmente no local ocupado pela mesquita de Al’-Ulyà, na segunda metade do século XIII. De estilo gótico meridional, a igreja mantém a traça original, tendo-lhe sido acrescentadas capelas laterais de estilo manuelino, no século XVI.

A intervenção na Igreja Matriz de Loulé enquadra-se na política de recuperação e valorização do património arquitetónico e religioso do concelho e pretende dignificar aquele que é um ex-líbris da cidade de Loulé, conclui a Câmara Municipal.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste