In Loco desafia comunidades a discutirem as prioridades locais

Esta fase das sessões de auscultação termina a 05 de junho

A Associação In Loco vai promover sessões de auscultação às comunidades do Algarve central para envolver a população, entidades associativas e pequenas e médias empresas sobre as prioridades de apoio para a sua terra.

As sessões, que se realizam sob o mote “Pensar o Algarve 2030 – Estratégias para o Interior”, realizam-se nas juntas de freguesia e começam na terça-feira, em Alte (18:00), no concelho de Loulé e São Bartolomeu de Messines (21:00), em Silves.

Segundo a In Loco, entidade gestora do Grupo de Ação Local (GAL) Rural Interior do Algarve Central, na quarta-feira será a vez do Ameixial (14:30), em Loulé, na quinta-feira de Santa Bárbara de Nexe (18:00), em Faro, e Moncarapacho (21:00), em Olhão.

Na sexta-feira, as sessões realizam-se em São Brás de Alportel (18:00) e Paderne (21:00) e no sábado a In Loco vai estar em Cachopo (15:00), no concelho de Tavira.

Esta fase das sessões de auscultação termina a 05 de junho em Salir (11:00), no concelho de Loulé, para depois serem retomadas “no final de junho ou início de julho nas “restantes freguesias do território de intervenção” do Grupo de Ação Local.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_imgspot_img

+ Populares

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -santos-populares-portimao

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste