PAÍS

Jornal 24 Horas publica hoje o último número

“Global Notícias” também vai encerrar. Empresa faz despedimento colectivo. O jornal 24horas publicou hoje a sua última edição, com o número 4415, apresentando uma capa de fundo negro e com o editorial assinado pelo diretor, Nuno Azinheira, intitulado “Adeus, não! Até já…”.

“O 24horas chega hoje ao fim, mas não morre hoje. Não morrerá nunca. Porque quando surgiu, há 12 anos, trouxe uma nova forma de jornalismo”, escreve Nuno Azinheira.

“Uma nova forma de perguntar, sem medos, nem preconceitos, uma nova forma de escrever, desempoeirada e sem teias de aranha”, caracteriza o diretor, acrescentando que “há 11 meses”, quando assumiu a “direção do 24horas, sabia que este podia ser um desfecho”.

Mas, escreve Nuno Azinheira: “Acreditei na força das minhas ideias, acreditei na competência desta equipa”.

O último editorial do diretor do 24horas dirige-se também aos leitores.

“Sempre a nossa prioridade, uma palavra final: nem sempre fomos compreendidos, nem sempre teremos sido felizes, mas procurámos sempre ser honestos”.

Na capa da última edição do 24horas lê-se, sobre um fundo negro, “Os trafulhas já podem descansar. Os políticos já podem prometer o céu. Os famosos já podem acumular dívidas. Os actores já podem trocar de namorada todos os dias. A partir de amanhã, o 24horas já não estará cá para contar tudo. FIM”.

A edição de hoje, sem publicidade, passa em revista 12 anos de notícias, as “24 melhores capas de um jornal polémico mas divertido” e declarações de atuais e ex-jornalistas do diário.

Um texto sobre “O que mudou no audiovisual desde 1998. 12 anos de televisão” e mensagens dos famosos que durante anos fizeram as notícias do jornal, bem como fotografias de momentos da vida da redação e dos jornalistas do matutino, completam a última edição do 24horas.

Em comunicado divulgado na segunda feira, o grupo de media Controlinveste anunciou que vai avançar com o processo de despedimento coletivo na sequência da decisão de encerrar os jornais 24horas e Global Notícias.

Na nota, a administração do grupo justifica a decisão com a “profunda alteração estrutural do mercado de Imprensa”, que “exige decisões estratégicas que conduzam a novos modelos de negócio”.

Advertisements

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Assine já com 10% de desconto. Cupão: CPNOVO Ignorar

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: