Jornal do Algarve está de luto

SONY DSCO Jornal do Algarve perdeu uma das mais antigas funcionárias – a Irene Salvador!

Aos 47 anos, doença grave vitimou uma mulher que, praticamente, iniciou a sua carreira profissional neste semanário.

Despedimo-nos na passada segunda-feira, num cortejo fúnebre que mostrou bem o quão querida ela era.

Para nós também o era! Veio para o Jornal do Algarve menina… acompanhámo-la nos bons e maus momentos. Conhecemos o seu namoro, aqui casou, nasceram os filhos, cresceram… e connosco acabou os seus dias!

Zelosa do seu trabalho, estava sempre disposta a resolver tudo o que dependesse dela. Arrega-çava as mangas e dizia: “Vamos lá fazer isso como deve ser! Tanto custa fazer mal como fazer bem!” Quando se apercebia que havia algum problema, perguntava: “O que é preciso fazer?” E lá estava a Irene com a solução à vista…

Que pena não termos nós a solução para o problema da Irene, a brasileira marafada (nasceu no Brasil) como lhe chamava, carinhosamente, o Neto Gomes que nos enviou a seguinte mensagem: “morreu a minha amiga brasileira que me aturava como ninguém… educada, profissional, frontal… esgrimindo dificuldades e sorrindo, com um dos rostos mais belos que conheci”.

Não há palavras para descrever o que estamos a sentir… as lágrimas correm pelos rostos de todos nós, homens e mulheres… A tristeza invadiu-nos e não nos deixará tão cedo! O seu lugar está vazio, como vazio está o nosso coração! Mas o seu trabalho ficará para sempre em cada uma das páginas que foi desenhada e construída por ela!

Começam a faltar-nos as forças para continuar a lutar contra tantas adversidades!

A Irene faz falta! Faz falta aos pais que perderam a segunda filha! Faz falta aos filhos que ficaram sem o seu bem mais precioso – a MÃE! Faz falta a toda a família! Faz falta aos amigos! FAZ- NOS falta!

Descanse em Paz, Irene, e… até um dia!

A direção

pub

 

 

 

pub

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste