ALGARVE

Junta de Freguesia de Sagres contra instalação de empresa de aquicultura entre as praias de Ingrina e Salema

Vista aérea do Promontório da Fortaleza de Sagres
[mobileonly] [/mobileonly]

A Junta de Freguesia de Sagres aprovou por unanimidade na terça-feira (4 de fevereiro) a apresentação de objeções à instalação de uma atividade aquícola denominada “Finisterra2”, em mar aberto ao largo de Sagres, segundo a autarquia.

A atribuição de mais 280 hectares para atividade aquícola vai fazer com que, entre a praia da Ingrina e a praia da Salema, a instalação ocupe uma área superior a 500 hectares, juntamente com o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, impedindo assim a prática da pesca entre Sagres e a praia da Salema.

Esta instalação poderá pôr em risco a pesca artesanal no concelho de Vila do Bispo, que a Junta de Freguesia de Sagres quer preservar, uma vez que a pesca nas pequenas comunidades locais “contribui para a valorização da paisagem do litoral em termos sociais, recreativos e culturais”. A autarquia sublinha que a pesca artesanal recorre a modelos sustentáveis de captura, constituindo “uma ferramenta essencial para a existência de peixe de elevada qualidade e valor nutricional, direcionado exclusivamente para o consumo humano”. 

Outro dos fatores aduzidos pela Junta de Freguesia é o facto de as comunidades piscatórias, cada vez mais envelhecidas, serem constituídas por famílias dependentes do dinamismo gerado pela pesca e detentoras de um vasto património histórico e cultural.

O presidente da Junta de Freguesia de Sagres, Luís Miguel Paixão, acusa o Estado português na objeção, de abandonar o setor da pesca artesanal e de ter demasiada regulamentação imposta, prejudicando a atividade.

Segundo um estudo efetuado pela Universidade do Algarve, “entende-se que a cedência de área para a aquicultura ‘Finisterra2’ colocará em causa esta singular zona da biodiversidade algarvia, desvalorizando “a existência de um singular habitat e a sua comunidade biológica associada, numa época em que a preservação da biodiversidade se encontra na agenda de todos os governos e administrações”. 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: