ALGARVE

Lagoa anuncia medidas para combater ocupação excessiva em praias pequenas

[mobileonly] [/mobileonly]

As praias da Marinha, Benagil, Albandeira e Vale de Centeanes são os areais do concelho de Lagoa que que estão registar maior pressão e níveis de ocupação acima do recomendado, anunciou o município.

O presidente da Câmara de Lagoa, Luís Encarnação, anunciou que se reuniu durante a manhã de sexta-feira com representantes das autoridades de saúde, turismo, ambiente, segurança, e proteção civil, para avaliar a situação da ocupação das praias no concelho de Lagoa.

O autarca confirmou que já foi reduzido o estacionamento junto a estas praias, seguindo as indicações da Agência Portuguesa do Ambiente. O inicio das obras municipais na Praia da Marinha é outra medida dissuasora da utilização daquele destino balnear.

Durante a reunião foi efetuado um acompanhamento ao minuto da situação das praias no concelho, através de instrumentos de monitorização implementados pela Câmara Municipal que permitem a obtenção de dados sobre o número total de pessoas.

Sensibilizar foi a palavra chave saída deste encontro de trabalho. Sensibilizar por um lado, as autoridades para a necessidade de maior fiscalização nas zonas de trânsito e de estacionamento. Sensibilizar, por outro lado, os veraneantes para que prefiram praias com areais mais amplos e menos concorridos.

Luis Encarnação dirigiu esta reunião acompanhado pelo vereador Jorge Pardal, responsável pelo pelouro das praias e orla costeira.

A delegada de saúde Dr.ª Maria Teresa Pereira, o capitão do Porto de Portimão, Rodrigo Gonzalez dos Paços, a Dr.ª Ema Mendonça da Região de Turismo do Algarve, três comandantes da GNR – do destacamento territorial de Silves representado por comandante Alferes Silva, do posto territorial de Lagoa pelo comandante Euclides

Martinho, e de Carvoeiro pelo comandante Nelson Carmo –, os comandantes dos bombeiros e da proteção civil de Lagoa, respetivamente Vitor Rio e Jorge Cabrita, a que se juntou ainda por vídeo chamada a Dr.ª Paula Noronha, da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), foram outras personalidades que tomaram parte na reunião que teve lugar no edifício principal da Câmara de Lagoa.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: