Lagoa volta a ser o paraíso dos doces conventuais

A 16ª Mostra do Doce Conventual realiza-se entre os próximos dias 18 e 22 de julho

Os claustros do Convento de São José, em Lagoa, acolhem, entre os próximos dias 18 a 22 de julho, a 16ª edição da Mostra do Doce Conventual. A abertura do recinto está marcada para as 19h00 e a entrada é livre.

A iniciativa proporciona a prova de bolos, doces, compotas e mel, assim como bebidas clássicas, como a aguardente de medronho e os vinhos do Algarve, em ambiente conventual, fielmente recriado.

A mostra conta igualmente com espetáculos e momentos de animação, entretenimento e cultura, todos os dias.

O cartaz deste ano é composto pelos grupos musicais Sex Band (18), Jigsawgig (19), Os Compotas (20), Daddy Jack Band (21) e Gaijas (22). Todos os concertos realizam-se às 22h00.

No ano passado, visitaram esta mostra cerca de 2.000 pessoas por dia, num total de cerca de 9.500 pessoas, tendo havido um maior número de vendas, chegando alguns expositores a esgotar os seus produtos.

O certame tem lugar no Convento de São José, que terá sido fundado entre os anos de 1710 e 1713. Este local destinava-se ao recolhimento de mulheres, mas também meninas abandonadas, sob a orientação das freiras carmelitas. Depois destas, seguiram-se as religiosas dominicanas, fomentando a educação com um colégio. Mas a vida neste convento não se resumia apenas à reclusão, oração e ao ensino. As freiras também realizaram arrojadas experiências culinárias, que viriam a dar origem à afamada doçaria algarvia.

É para relembrar estes tempos e divulgar a doçaria caseira que a Câmara de Lagoa organiza a 16ª edição da Mostra do Doce Conventual, entre os próximos dias 18 e 22 de julho, no Convento de São José.

Esta mostra, que se realiza em Lagoa desde 2003, tem assim como objetivo reavivar a memória de outros tempos e contribuir para que em terras algarvias se mantenha viva a tradição da doçaria conventual.

NC|JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste